Velho Hippie apresenta novos acordes em tom lilás

capa

Velho Hippie contribui na descentralização da cultura

A Velho Hippie não se preocupa apenas em fazer música, mas também em fazer com que a sua música seja agente de transformação da realidade. Ao inverter o caminho convencional em que os artistas aguardam o público em casas de show, a banda levou a sua arte para onde o público está, facilitando assim o acesso à cultura. Tocar suas composições ao ar livre mostra que a Velho Hippie participa ativamente do processo de democratização da cultura. Em abril foram duas apresentações gratuitas de pré-lançamento do seu mais recente CD, intitulado Flor Lilás, na Lagoa do Rizzo e no Parque Cinquentenário.

O lançamento oficial do segundo trabalho autoral do grupo acontece no dia 5 de maio, 20h, na Casa da Cultura de Caxias do Sul. Para conferir o show basta a doação de um livro que será destinado ao Ponto de Cultura Teia Cultural.

velhi hippie no parque da lagoa do rizzo

CD Flor Lilás

Os gaúchos da Velho Hippie afirmam sua identidade como banda com o lançamento do seu segundo CD, intitulado Flor Lilás, onde o grupo propõe letras subjetivas para a livre interpretação do ouvinte.  O som encontra forças para atrair os seguidores da cultura “paz e amor” que surgiu na década de 60.

Flor Lilás é custeado pelo Financiarte, programa de incentivo cultural da Prefeitura de Caxias do Sul. O segundo álbum da banda conta com 12 faixas e com a formação de Eduardo Binda na bateria, Felipe Balen nos teclados, Tiago Frank no contrabaixo e Vinicius Lazzari, que se divide entre vocal e guitarra. A sonorização foi enriquecida pelas participações especiais dos músicos Fábio Menegat (vocal), Guilherme Rosset (percussão), Nicolas Finkler (bateria), Roberto Scopel (trompete e flugelhorn), Luiz Carlos Zeni Junior (saxofone e flauta) e Paulo Fernando Ferreira (trombone).

Entre janeiro e setembro de 2012, a gravação foi realizada no estúdio Retrola. Produção musical e mixagem ficaram por conta de Vinícius Lazzari, a masterização com o estúdio Reference Mastering da capital paulista, enquanto a orquestração coube a Alexandre Alles. Após alguns anos na estrada e um trabalho extenso de produção musical, o amadurecimento na carreira da banda aparece claramente na harmonia estética entre os elementos sonoros e visuais do novo álbum. O refinado encarte é uma flor de papel reciclável que se desdobra em seis pétalas, escondendo o CD no interior do miolo. O projeto gráfico é assinado por Juliano Bonamigo e Rafael de Assis.

 Sobre a Velho Hippie

Em 2013 a banda, além de lançar seu segundo álbum, comemora dez anos de trajetória investindo na arte subjetiva. O lirismo poético atua como traço comum entre o mais recente trabalho e o primeiro disco Caminhando nas Nuvens (2009). A última década rendeu aos músicos a característica de troca de energia com o público presente nas apresentações. O ambiente visual dos shows, repletos de elementos naturais, ressalta as sensações provocadas pela sonoridade da banda.

velhi hippie no parque cinquentenário 2

Ficha Técnica

Felipe Girotto: bateria

Guilherme Rosset: percussão

Felipe Balen: teclado

Tiago Frank: baixo

Vinícius Lazzari: vocal e guitarra

Convidados especiais:

Eduardo Binda: bateria

Fábio Menegat: vocal

Nicolas Finkler: bateria

Roberto Scopel: trompete e flugelhorn

Luiz Carlos Zeni Junior: saxofone e flauta

Paulo Fernando Ferreira: trombone

Gravação: estúdio Retrola – Caxias do Sul/RS

Produção Musical: Vinícius Lazzari

Mixagem: Vinícius Lazzari

Masterização: estúdio Reference Mastering – São Paulo/SP

Orquestração: Alexandre Alles

Produção cultural: Cláudio Troian

Projeto gráfico: Juliano Bonamigo e Rafael de Assis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s