Morre o baterista Passtor

Caxias do Sul perdeu uma das suas referências musicais. O baterista Mario Raul da Silva Mross, conhecido como Passtor, estava com câncer e faleceu às 6h dessa manhã de terça-feira, no Hospital Geral, onde estava internado desde domingo.

Passtor era natural de Porto Alegre e chegou a Caxias do Sul na década de 70. Ele foi um dos primeiros professores do instrumento na cidade. Gravou quatro discos e 15 CDs. Em Caxias, tocou com diversas bandas e artistas, entre elas: Lobo da Estepe, Stuka, Lumière Show, Nariz de Porcelana, Spirituale, Ocidente, Ego Mecanóide, Pietro Ferreti, Tom Brasil, Mozer de Oliveira, Samuel Sodré e Mauro Camargo.

Atualmente, Passtor tocava na Orquestra Florentina de Flores da Cunha e nas bandas Deltas Revival, Ding-Dong e Blues Heads. Em 2009 foi homenageado pelo Festival ROCK ON, no Centro de Cultura Ordovás e em junho de 2010 foi homenageado pela prefeitura no Projeto Mestres da Cultura Popular.

Passtor era casado com Rosa Maria Mross e tinha três filhos. O velório acontece na sala 1 das Capelas Cristo Redentor. O corpo será cremado no final da tarde.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s