Incoming Jazz, lançado com financiamento do Fundoprocultura

CCOMA é um duo de músicos que unem trompete, percussão, projeções visuais e música eletrônica, com pitadas de Future Jazz. Swami Sagara (percussão) e Roberto Scopel (trompete) iniciaram o Projeto CCOMA há 5 anos e com este CD esperam consolidar seu  projeto na cena musical do país.

Sobre o disco INCOMING JAZZ:

Incoming: o que está chegando ou está por vir.

Jazz: iniciou com músicos negros, no sul dos USA,  multiplicou-se e aconteceu nas décadas de 40 e 50. Atualmente, o jazz está evoluindo em distintas direções.

Nu-jazz: termo criado pela imprensa inglesa para designar músicas que podem ser muito diferente umas das outras: de broken beats até ambiente music, passando pelo House e Hip Hop. Nu-jazz são produções que tem a alma jazzística.

Os  shows: Nos shows  serão apresentadas as músicas do disco novo, destacando “DOGS ARE GODS” que é a única música com letra da obra.  Aliás, esta música já está disponível para download no site www.projetoccoma.com. Além das novas músicas, também serão executadas algumas músicas do show realizado em Outubro deste ano, em Londres, no Club Guanabara, considerado o mais importante club de música brasileira da Europa.

Sobre as músicas: A mistura de sons eletrônicos, provenientes dos anos 70, ao trompete e a percussão  é a combinação que originou esta obra. As 11 músicas do disco receberam nomes de animais:

1- Ant’s Life (Vida de Formiga)

Um naipe de trompetes arranjados e tocados por Roberto Scopel abre o disco Incoming Jazz. Também foram usados percussão latina e o CCOMAPHONE. A música apresenta a tensão e a angústia da cidade. Afinal, algumas vezes não nos parece que a cidade é um grande formigueiro?

2- Birds are Buddhas (Pássaros são Budas) e 8- Crickets are Zorbas (Grilos são Zorbas)

Inspiradas em um discurso do místico Osho, essas duas canções recriam a idéia de opostos que se encontram, apresentada todos os dias na natureza: “Buda não era total, nem o grego Zorba. Ambos eram metade. Observando a natureza, encontramos essa mesma lei: Pássaros e Grilos.Os pássaros são Budas, Budas trompetistas.  Nos presenteiam com seu canto, no início da manhã. A grande maioria encerra seu dia juntamente com o pôr-do-sol, juntando música a grandes revoadas. Já os grilos, são os grandes percussionistas da natureza. Em seu próprio corpo, trazem um reco-reco! Começam sua grande festa no final da tarde e só encerram no início da manhã. Os grilos são Zorbas. Sua vida é pura celebração.” As duas canções trazem uma sonoridade inspirada nos teclados Moogs muito usados nos anos 70 por grupos como Tangerine Dream e Kraftwerk. E claro percussão, trompete e o exclusivo HANG DRUM, instrumento fabricado na Alemanha e de uso exclusivo no Brasil pelo Projeto CCOMA.

3- The Jump of the Cat (O Pulo do Gato)

Algumas pessoas escolhem como seu mestre um indiano, outras escolhem um judeu, outros escolhem um tibetano. Milles é tão importante como Mozart.  Milles mudou o jazz, não uma vez só, mudou o jazz pelo menos umas três vezes. Sendo trompetista, não há como não ser influenciado por ele. Seria como jogar futebol e não ser influenciado por Pelé ou Maradona. Essa música conta com a participação do percussionista Maurício Ramos.

4- The Fly Artist (A Mosca Artista)

Em Porto Alegre, existe uma artista que se auto-nomina Mosca Artista. Seguindo o mesmo conceito, essa música apresenta certa tristeza que pode estar presente na vida de qualquer ser humano contemporâneo. A tristeza de não conseguir estar sozinho sem estar solitário ou nostálgico. Estar sozinho é um momento de estar consigo mesmo. A vida moderna não nos proporciona muitos momentos. Assim. ou estamos vendo televisão, ou estamos ao telefone, ou estamos fazendo qualquer coisa para não estarmos com nós mesmos. Musicalmente destacamos o uso do Hang Drum, e a recriação do som da mosca usando o teclado Moog e Trompete com efeitos de guitarra.

5- An Elephant Crossing the Room (Um Elefante Cruzando a Sala)

Foram gravados mais de 30 instrumentos de percussão diferentes nessa música. Tablas indianas, derbak, atabaques, arpa judia, pratos indianos, pratos tibetanos, didjeridoo, bongo, congas, agogô, pá de pedreiro, apitos brasileiros, timbales… Também participou desta gravação, o percussionista Maurício Ramos. Foi uma experiência, tentar unir percussão e trompete sem acrescentar outros instrumentos, nem efeitos de estúdio, e descobrir as possibilidades de criar uma música só com isso.

6- Homeless Dog (Cães sem Lar)

Trompete e teclados Moog num clima meditativo.

7- Dogs are Gods (Cães são Deuses)

A única música não-instrumental da obra. A letra foi inspirada em uma palestra de um espírita brasileiro, sobre eterna busca do ser humano: encontrar um Deus exterior. De certa forma, a letra é uma brincadeira com essa busca, pois o ser humano fica procurando no exterior o que talvez esteja dentro dele.

9- Monkey’s City (Cidade dos Macacos)

Esta música é contra-indicada a ouvidos acostumados somente à música popular! Mais uma pequena provocação do Projeto CCOMA. Uma música eletronicamente construída em um compasso não muito utilizado em música popular. Sete por oito é um compasso muito utilizado no Jazz, em alguns momentos pode parecer que a canção é um pouco complicada, mas após algum tempo o ouvido se acostuma. No final a música se resolve num samba eletrônico, ainda em 7 tempos.

10- Electronic Elephant (Elefante Eletrônico)

É um remix do Elephant Crossinh the Room. Uma experiência sobre a mesma música, dessa vez processada eletronicamente. Foram adicionados compressores, delays, reverbs, inverosres de fase, distorção Fuzzy e outros efeitos inspirados nos anos 70.

11- Marine Turtle Meditation (Meditação da Tartaruga Marinha)

Um momento para descansar e silenciar. Trompete, moogs e percussão.

Ficha técnica:

Projeto CCOMA é (por enquanto):

Roberto Scopel: Trompete, Flügelhorn e Programações.

Swami Prem Sagara: Percussão e Programações.

Mixado e Masterizado por Marcelo Generosi

Participação Especial: Mauricio Ramos (percussão)

Pré-produção no Estúdio Old Kitchen

Gravado em: Du Zamba Records, entre junho e setembro de 2009.

Produção Executiva: Juliana Pandolfo

Desenhos de Vivi Pasqual

Design gráfico: Laymark Propaganda

Todos os temas compostos e produzidos por Projeto CCOMA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s