O ecletismo de Oscar dos Reis

por Tríssia Ordovás Sartori

Acordeonista faz show de lançamento do CD ‘Eclético’, hoje, na Casa da Cultura

Apesar de ser o grande protagonista, o show que o músico Oscar dos Reis, 48 anos, apresentará hoje à noite será uma soma. Eclético é o nome do CD que será mostrado e é também a síntese do espírito criativo presente na obra, que poderá ser conferida a partir das 20h, no Teatro Pedro Parenti, com entrada franca.

Ao dedilhado de Oscar no bayan (versão russa do acordeom) soma-se a capacidade de improviso do piano de Léo Ferrarini. Soma-se, também, o virtuosismo da guitarra de Marcos De Ros e a musicalidade do contrabaixo de Fábio Alves. Para completar, acrescenta-se a sensibilidade da bateria de Cristiano Tedesco.

Tal qual foi gravado em fevereiro, em Porto Alegre, o show mostrará nove canções de autoria de Oscar, que flerta com vários estilos musicais. As influências de Astor Piazzolla são bastante evidentes, uma vez que o tanguista argentino é o grande inspirador do artista. Mas neste quarto disco, a sonoridade vai bem além de Buenos Aires, e passeia entre o tango e o jazz.

– Esse trabalho é minha afirmação como compositor, mostra o meu jeito de fazer músicas – conta.

Para isso, ele contará com a presença dos músicos que participaram das gravações e promete fazer um show descontraído.

– Ele será mostrado exatamente como gravamos – completa.

Com financiamento do Fundoprocultura, o CD traz ainda a participação de Rodrigo Alquatti (celo), Telmo Jaconi (violino) e Ricardo Lew (guitarra).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s